Que delícia que é sentir um chocolate derreter na boca! Talvez essa seja uma das características que faz o produto ter tantos fãs no mundo. A cremosidade e a capacidade de derreter com suavidade na boca são características que vêm da manteiga de cacau, uma gordura encontrada nos grãos de cacau.

Outras plantas também são ricas em gorduras naturais, como azeitona, soja e sementes de girassol , mas somente a gordura proveniente do cacau pode conferir aquela cremosidade que a gente adora. O ponto de fusão da mateiga de cacau é entre 33º e 35º C, ou seja, ela derrete a partir destas temperaturas, o que é ideal para nós que temos a temperatura corporal na faixa dos 37ºC. Por isso, o chocolate rico em manteiga de cacau derrete deliciosamente na boca e “melequentamente” nas mãos.

Como a manteiga de cacau é uma materia-prima cara, alguns fabricantes substituem parte dela por outros tipos de gordura, o que compromete a qualidade do chocolate.

Você já leu a lista de ingredientes do seu chocolate preferido ? Veja como podem ser diferentes! Ah, pasta de cacau, massa de cacau e líquor de cacau são todos a mesma coisa.

 

ingredientes do chocolate

Ingredientes de alguns chocolates do mercado nacional

 

 

Dá para sentir na boca a diferença entre o chocolate só com manteiga de cacau e outro que contenha também outra gordura, mas fiz um teste caseiro para visualizar essa diferença. Escolhi fazer o teste com chocolate branco só por que é o chocolate com maior quantidade de manteiga de cacau.

Peguei 2 barras compradas no supermercado, com as seguintes composições:

  1. Açúcar, manteiga de cacau , leite integral em pó, leite desnatado em pó, emulsificante lecitina de soja e aromatizantes.
  2. Açúcar, leite em pó integral, manteiga de cacau, soro de leite em pó, gordura vegetal, extrato de malte, emulsificantes lecitina de soja e poliglicerol polirricinoleato e aromatizantes.

O foco aqui não deve ser a marca de cada chocolate, mas só os ingredientes, especialmente as gorduras.

Os ingredientes sempre estão ordenados por quantidade, isto é, quanto mais no início da lista estiver o ingrediente, em maior quantidade ele estará presente no produto. Repare que o primeiro chocolate tem manteiga de cacau em maior quantidade que o leite e não tem gordura vegetal.

Veja o que aconteceu com cada um dos chocolates quando os coloquei sobre a chapa.

 

Claro que a temperatura final da chapa aí foi um pouco maior que a da boca, para agilizar o teste, mas o resultado é claro. O primeiro, que não tem gordura vegetal, derrete mais rápido e tem textura mais lisa que o segundo. Imagina isso na sua boca. Os sabores podem até ser relativamente parecidos para algumas pessoas, mas o derretimento e a textura não são.

Vale citar que já li comentários que em países muito quentes como o Brasil, se o chocolate tiver somente manteiga de cacau, pode derreter na prateleira, então o uso de substitutos seria aconselhável para deixá-lo mais resistente às altas temperaturas. Não consegui descobrir se isso é válido, pois aqui em São Paulo não é tão quente assim. Se você souber, conta para a gente aí nos comentários!

Então, da próxima vez que for comprar um chocolatinho, leia a lista de ingredientes que vem impressa na embalagem ou veja no site do seu chocolate preferido, que onde geralmente também é possível encontrar esta informação.

 

Assine a Newsletter e receba em seu email novidades sobre chocolates!