Chocolate é um produto sensível ao calor, umidade e luz. Seu sabor e aparência podem ser modificados caso haja a mudança brusca nestes fatores. Já reparou que às vezes o chocolate fica esbranquiçado e perde o brilho ? Geralmente é por causa de armazenamento incorreto. Uma dica é arrumar uma caixa legal para armazenar os chocolates e mantê-la em ambiente fresco, longe de janelas onde pode bater o sol. Essa aí em cima é uma das minhas caixas (a que fica no escritório).

Ovo de chocolate esbranquiçado da geladeira

Ovo de Páscoa armazenado no congelador: veja como ficou esbranquiçado.

Chocolate esbranquiçado - Chocólatras Online

Tablete esbranquiçado: ainda está na validade e foi guardado com cuidado, mas quando abri estava assim. Talvez tenha sido mal armazenado na loja.

 

Dicas para manter a qualidade do seu chocolate

  • Mantenha o chocolate em local seco e escuro, em temperatura entre 12 e 20ºC.
  • Mantenha o chocolate bem embalado para evitar entrada de ar, umidade e odores de outros alimentos (a gordura presente no chocolate absorve estes odores).
  • Evite guardar o chocolate na geladeira ou no freezer (isso vai alterar a qualidade). Exceção: se o clima está extremamente quente e não há local mais fresco na casa, ele vai derreter e alterar a qualidade de qualquer maneira, então embale-o em 2 sacos plásticos herméticos, um dentro do outro, e coloque-o  na geladeira. Quando tirá-lo da geladeira, mantenha a embalagem fechada por aproximadamente 2 horas para que ele volte à temperatura ambiente gradativamente antes de entrar em contato com o ar.

O que acontece quando o chocolate é armazenado errado

  • Em altas temperaturas ou grandes variações de temperatura de armazenamento ocorre o “fat bloom”. Uma camada muito fina e branca de cristais de gordura se forma na superfície do chocolate, o que não afeta o sabor do seu chocolate, mas afeta bastante sua aparência.
  • Em local úmido ou se é movido de armazenamento muito frio para um ambiente muito quente, ocorre o “sugar bloom”, uma forma de condensação que produz uma superfície rugosa e irregular no chocolate.
  • Em contato com a luz ou o ar, ocorre a oxidação, as gorduras se decompõem e o sabor do chocolate é perdido. Isto pode ser acompanhado por um cheiro desagradável. Devido ao maior teor de cacau, o chocolate amargo contém mais antioxidantes, o que faz com que este seja o chocolate com maior durabilidade.

A durabilidade do chocolate depende dos ingredientes que foram utilizados na sua produção. Algumas trufas tem prazo de validade de alguns dias, enquanto algumas barras podem ficar na prateleira sem alteração por até 2 anos. Claro que os chocolates que levam conservantes na sua composição vão durar mais e aqueles que são feitos com ingredientes frescos terão durabilidade bem menor, como os bombons de frutas por exemplo. Sempre consulte a validade na embalagem.

Fontes: Barry Callebaut, Godiva e BesserHaushalten

Save

Assine a Newsletter e receba em seu email novidades sobre chocolates!